terça-feira, 28 de junho de 2016

O Monstro do Morumbi

Divulgação

Maicon comemora o gol da classificação para as semifinais da Libertadores, diante do Atlético-MG. Em 26 jogos pelo São Paulo em 2016, o defensor marcou 3 gols.

A melhor notícia que o torcedor são-paulino poderia receber chegou na noite desta terça-feira: Maicon está confirmado para a sequência da temporada. Saiba Mais

Ao chegar de empréstimo do Porto, Maicon veio como mais uma opção para a defesa. Disputaria posição com Rodrigo Caio ao lado do ídolo Lugano, que retornou como um Deus após 10 anos. Com a falta de ritmo de jogo por não ter feito a pré-temporada e já sem o mesmo tempo de bola de outrora, Lugano não vem sendo escalado em todos os jogos e quem tomou conta da defesa tricolor foi Maicon.

No auge da carreira e da forma física, com 27 anos, 1,91 e 89 Kg, Maicon destoa dos demais, pois a despeito de todo esse tamanho, é mais rápido que muitos atacantes, está com um excelente tempo de bola, domina o jogo aéreo e, mesmo com pouco tempo de casa, é um dos líderes do elenco, tanto que vem sendo o capitão. Ou seja, Maicon é o Lugano que todos queriam.

Com a contratação de Maicon em definitivo, aumenta a expectativa são-paulina pelo tetra da Libertadores.

Com todo respeito ao xerife da zaga tricolor - já que o sujeito que ficou conhecido como o monstro do Morumbi nas décadas de 60 e 70 era um serial killer - Maicon é um monstro do bem, que não comete nenhum crime, mas que aniquila os adversários dentro de campo.

Este sim, Maicon, é o verdadeiro Monstro do Morumbi!

Um comentário: